Saiba quais cuidados você deve ter com sua escova dental

banner-escova-dente

O modo como a escova de dentes é armazenada pode contribuir para a sua contaminação. A coordenadora do curso de Odontologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Patrícia Guerreiro, listou algumas ações que deixarão a sua escova dental livre de germes, fungos e bactérias. Confira:

limpeza-diaria1 – Limpeza diária
As escovas podem ser meios de cultura para germes, fungos e bactérias.

Por isso, após o uso devemos enxaguá-las e secá-las de modo que fiquem guardadas secas.

 

como-guardar2 – Como guardar
Não deixe sua escova descoberta, use capinhas ou caixas que protegem a cabeça da escova.

Deixe-a preferencialmente em pé para não deformar as cerdas e secar mais facilmente.

 

trocar-escova3 – Troque a escova regularmente
Troque a escova dental a cada três meses ou quando as cerdas deformarem.

Após três meses de uso normal, as escovas são muito menos eficientes na remoção da placa dos dentes e gengivas em comparação com escovas novas.

 

4 – Não compartilhe escova
Escovas dentais são de uso pessoal e intransferível! Não importa de quem for a escova – cônjuge, mãe ou irmãos. Cada pessoa deve ter sua própria escova de dentes, sob pena de ser contaminada com doenças infecciosas transmitidas pela boca.

5 – Distância do vaso sanitário
Mantenha as escovas pelo menos a um metro e meio de distância do vaso sanitário: bactérias do vaso respingam no momento da descarga. Outra medida preventiva é baixar a tampa antes de dar descarga e mantê-lo nessa posição sempre que não estiver sendo usado.

Vestibular de Verão UCPel
O curso de Odontologia está entre as 21 graduações oferecidas pela UCPel em seu Vestibular de Verão 2017, que a partir desta edição terá três opções de seleção de ingresso: prova tradicional, agendada ou uso da nota do Enem. As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de novembro através do site ucpel.edu.br/vestibular

O post Saiba quais cuidados você deve ter com sua escova dental apareceu primeiro em Vestibular.