UCPel sensibiliza comunidade para a doação de corpos à disciplina de cursos da Saúde

A Universidade Católica de Pelotas (UCPel), através do Laboratório de Morfologia do Centro de Ciências da Saúde, está em busca da doação de corpos para a disciplina de Anatomia. Hoje a Universidade conta com 16 cadáveres para estudo, sendo dois deles adquiridos por meio voluntário. Anualmente 350 alunos dos cursos de Medicina, Odontologia, Fisioterapia, Farmácia e Enfermagem passam pelo laboratório para cumprir com as atividades da disciplina. Nas aulas, os acadêmicos têm a oportunidade de dissecar cadáveres e de conhecer as texturas dos tecidos, o tamanho dos órgãos e as relações entre as estruturas do organismo. Com o passar dos anos, a dificuldade de dissecação fica cada vez maior, em razão do tempo de uso. Por isso a Universidade está buscando sensibilizar e mobilizar a comunidade. A doação de corpos é uma decisão pessoal e precisa estar comunicada à família. Ela deve, preferencialmente, ser feita em vida pelo doador, mas os parentes podem autorizar o procedimento após a morte. Se isto não ocorrer, a doação não é efetivada. Segundo o médico e professor de Anatomia da UCPel, Wladimir Duarte, ser doador significa contribuir não apenas para a formação de profissionais dos cursos da área da saúde, mas também beneficia a comunidade. “O corpo humano é insubstituível para o estudo, pois os modelos ainda não reproduzem a textura humana, dificultando uma melhor desenvoltura para a disciplina de Anatomia. Sem falar que o conhecimento volta para a sociedade em forma de estudo e de assistência à saúde”, explica. A manifestação de interesse para doação deve ser registrada em cartório, com testemunha, acompanhada do termo de doação. Interessados em colaborar devem entrar em contato com o Laboratório de Morfologia da UCPel pelo telefone (53) 3028-6981. Ele está localizado na rua General Netto, 1.723.foto da notícia