Abertura da Semana Acadêmica da Odontologia trata da importância da pesquisa

O pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Flávio Demarco, fez uma radiografia da área de pesquisa das universidades brasileiras durante a abertura da Semana Acadêmica do curso de Odontologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). O evento prossegue até sexta-feira (06) e trata sobre Inovações Odontológicas.  Demarco comentou com os universitários da UCPel o significativo aumento de ingressantes no ensino superior do Brasil, mas que ainda é considerado baixo se comparado com outros países. “Esse índice indica o nível de desenvolvimento de um país”, explicou. Atualmente, são sete milhões entrando nas universidades brasileiras. Desse número, 42% frequentam os cursos de Administração, Direito e Educação, enquanto só 8% estão matriculados em áreas das engenharias. “Na China, 39% dos universitários optam por essa área. Esses dados traduzem o que se pensa para o desenvolvimento de um país”, disse. O palestrante destacou ainda que 90% das pesquisas científicas realizadas no Brasil são feitas pelas universidades. Citou diversas melhorias obtidas pela sociedade devido a esses resultados, como o aumento da longevidade. “A partir dos resultados da pesquisa básica é possível desenvolver a pesquisa aplicada”, explicou, mencionando o tempo de estudo da estrutura do DNA, iniciado em 1990 e que só agora começa a gerar resultados em pesquisas aplicadas, como o uso de células-tronco na recuperação de tecidos danificados.  A Semana Acadêmica do curso de Odontologia prossegue nesta quinta-feira (05) com os seguintes temas: ‘Inovando em materiais endodônticos, uma alternativa menos citotóxica’ e ‘Como melhorar a saúde bucal da população por meio de intervenções multiprofissionais na Atenção Primária?’.  Confira abaixo a programação completa dos dois últimos dias do evento: 05/1014h – “Inovando em materiais endodônticos, uma alternativa menos citotóxica”Cirurgiã-Dentista Cristiane Reiznautt15h15min – Como melhorar a saúde bucal da população por meio de intervenções multiprofissionais na Atenção Primária?  Luciana Quevedo (UCPel)Andreia Cascaes (UFPel)06/1014h – Poderei usar células tronco no meu consultório? Camila Perillo (Doutoranda no PPG em Saúde e Comportamento UCPel)15h10min – O papel do cirurgião-dentista em traumas faciais Guilherme Antonello (cirurgião buco-maxilo- facial)16h30min – Odontopediatria sobre um novo olhar   Gabriela Pinto (Fasurgs)Redação: Rita Wicth – MTB 14101foto da notícia