Curso de Odontologia da UCPel oferece atendimento à comunidade

O curso de Odontologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) entrou em uma nova fase. O atendimento à comunidade, através das aulas práticas, começou no primeiro semestre letivo de 2018 e oferece aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) inúmeros tratamentos na Clínica Odontológica, localizada no Campus Dr. Franklin Olivé Leite. Com isso, a UCPel passa a proporcionar à população uma atenção integral em saúde.(Clique na imagem  para ver mais fotos)Aguardado com ansiedade pelos acadêmicos do 5º semestre, os atendimentos ocorrem na disciplina de Clínica Odontológica I, coordenada pelo professor da UCPel Gregori Boeira. Até então, a prática dos alunos estava restrita a simuladores, realidade bem diferente da atual. Segundo o docente, nos atendimentos reais os acadêmicos enfrentam inúmeros dificultadores, como dor e saliva, por exemplo. “Mesmo diante dos desafios iniciais, eles têm se saído muito bem”.Orientados constantemente pelos professores, os alunos trabalham em duplas. Em cada aula, dois pacientes são atendidos e a durabilidade do tratamento vai depender dos problemas apresentados. Por enquanto, os acadêmicos estão realizando procedimentos compatíveis com as teorias vistas até o momento, como limpeza, remoção de tártaro, extração e restauração. A previsão é de que no próximo mês já estejam realizando cirurgias, coordenados pela professora da UCPel, Fernanda Leal.Segundo os acadêmicos, os pacientes tem se mostrado receptivos com o novo serviço oferecido no Campus Saúde da UCPel, o que surpreendeu o futuro dentista, Eduardo Dutra Nunes. “Mesmo estando nervoso, o primeiro contato com a comunidade foi muito melhor do que eu imaginava”. Nunes lembra que, até então, muitas coisas pareciam simples na teoria, mas que ao se deparar com determinadas situações ficou surpreso com a complexidade, reconhecendo a importância dos estudos anteriores.Na visão dele, além de experiência e segurança, as disciplinas práticas auxiliam o acadêmico a identificar as afinidades profissionais. “Eu entrei no curso pensando em me especializar em implantes, mas não sei se tenho aptidão e se vou gostar”. Assim como o colega, a acadêmica Mayara Blota estava ansiosa pela nova fase do curso. Segundo ela, as aulas práticas são oportunidades de crescimento profissional e pessoal. “Ver a alegria das pessoas com a melhora da autoestima nos deixa muito felizes”. Aliada ao aperfeiçoamento das técnicas, a sensibilidade com o outro é um dos principais benefícios do atendimento ao público, conforme a coordenadora do curso de Odontologia da UCPel, professora Patrícia Osório Guerreiro. Para ela, o contato com os pacientes estimula o comprometimento dos alunos e a busca pela transformação da realidade da saúde. A paciente Tais Rosa Soares soube dos atendimentos através de familiares que fazem uso dos serviços prestados no Campus Saúde. Ela conta que chegou para a primeira consulta com dor e vários problemas nos dentes. Foi realizada uma triagem para identificar os tratamentos necessários e, conforme a acadêmica responsável pelo atendimento, ela será acompanhada durante todo o semestre, sendo liberada somente após o término de todos os procedimentos. Sem esconder a satisfação, Taís enfatizou o benefício da atividade. “Já na segunda consulta a mudança é visível”.Os atendimentos estão sendo divulgados no Campus Saúde e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) administradas pela UCPel. Interessados devem procurar a Clínica Odontológica, localizada no Campus Dr. Franklin Olivé Leite Saúde, na Avenida Fernando Osório, 1586. Os pacientes são selecionados após exames que identifiquem se o tratamento necessário condiz com as práticas já realizadas pelos alunos.Redação: Manuelle Mottafoto da notícia