Programa de Extensão da Odontologia atende mais de 100 bebês

Mais de 100 bebês foram atendidos pelo Programa de Extensão em Atenção Odontológica do curso de Odontologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel). No primeiro semestre de atividade, consultas foram realizadas em quatro locais de atendimento através do Sistema Único de Saúde (SUS). Capacitações para a equipe e uma ação coletiva com gestantes também integraram as ações do grupo.O Programa ofereceu pré-natal odontológico e a primeira consulta odontológica do bebê na Unidade Básica de Saúde (UBS) Osório, Ambulatório do Campus Dr. Franklin Olivé Leite, na Maternidade e na Casa da Gestante do Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP). Além dos recém-nascidos, 10 gestantes também receberam os cuidados dos acadêmicos da UCPel.Para a coordenadora do Programa, professora Luísa de Oliveira, os acadêmicos tiveram uma experiência rica de troca com os pacientes. “Realizamos as consultas nos serviços em que as pessoas já são atendidas, então o aluno teve contato com todos os membros das outras equipes”, completa. A docente ainda destaca a inserção do dentista no Hospital Universitário. “É um diferencial da UCPel permitir essa vivência”, acredita.A extensão, segundo a professora, aproxima o estudante da realidade profissional. “Pensamos na extensão como trabalho, o aluno está inserido no serviço”, diz. Assim, demandas observadas pelos acadêmicos originaram capacitações para a equipe. Como exemplo, um curso teórico-prático sobre aleitamento materno em agosto, a fim de qualificar os atendimentos.E, para dar continuidade ao trabalho oferecido à comunidade, no segundo semestre do ano o grupo pretende incrementar ações para captar mais gestantes. “É um público difícil porque as outras consultas de pré-natal exigem muito”, explica a coordenadora. Atividades voltadas para a comunidade e a abertura de eventos científicos para o público geral também fazem parte dos planos.Redação: Piero Vicenzifoto da notícia