O curso de Odontologia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) engaja as ações do Maio Vermelho no município, mês voltado para conscientização e prevenção do câncer de boca. Ampla divulgação em redes sociais, visitas em áreas de vulnerabilidade para divulgar a campanha e atendimentos nas clínicas odontológicas da universidade integram a gama de ações. 

Para ampliar o alcance, estudantes do primeiro semestre do curso de Odontologia da UCPel visitarão Unidades Básicas de Saúde (UBS) e populações do entorno para informar sobre os fatores de risco do câncer de boca,  assim como a necessidade de avaliação periódica com o dentista. De acordo com a professora da UCPel, Beatriz Bidigaray, a intenção da atividade de território é alcançar pessoas que atualmente encontram dificuldades no acesso à internet. 

Durante a ação de território, interessados poderão  agendar atendimento nas clínicas da UCPel para o dia 28 de maio. As demais UBS’s existentes no município também enviarão pacientes para avaliação das lesões no dia 28, considerado o dia ‘D’ da campanha. “Em caso de detectada a lesão, faremos a biópsia no mesmo dia e a enviaremos para análise no Centro de Estomatologia da Universidade Federal de Pelotas”, explica a docente. 

Câncer silencioso 

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), somente em 2019 mais de 15 mil brasileiros foram afetados pelo câncer bucal – seis mil acabaram morrendo. Considerado o quinto tipo de câncer mais comum no Brasil, atinge principalmente homens acima de 40 anos. 

Por ser silencioso e muitas vezes indolor, o câncer de boca acaba tendo o diagnóstico tardio. Mais da metade dos casos são descobertos em estágios avançados. Feridas que não cicatrizam, sangramentos repentinos, manchas brancas ou qualquer outra lesão que permaneça por mais de 15 dias na boca devem ser investigadas.

Conforme a professora Beatriz, são fatores de risco o uso de fumo, consumo regular e excessivo de álcool, exposição prolongada ao sol sem proteção, o vírus HPV (Papilomavírus Humano), além de deficiências nutricionais e obesidade. 

Cronograma Maio Vermelho  

Para informar sobre a importância da data, estudantes do primeiro semestre do curso de Odontologia da UCPel tiveram uma aula especial com o professor Guilherme Antonello e bolsistas do projeto de extensão em Atenção Odontológica Hospitalar. “Neste encontro conversamos sobre as principais informações que precisam ser passadas à comunidade, como fatores de risco e perfil dos pacientes mais propensos a desenvolver a doença”, diz o docente. 

A partir das informações da aula e de materiais orientativos impressos, os estudantes estarão, pela parte da manhã, no dia 20 de maio na UBS Pestano, no dia 26 na UBS União de Bairros e no dia 27 na UBS Py Crespo. Áreas próximas das UBS também serão visitadas. No dia 28, os atendimentos agendados durantes as visitas de campo ocorrerão dentro das clínicas odontológicas da UCPel, localizadas no Campus Dr. Franklin Olivé Leite.  

Entretanto, a docente da UCPel frisa que independentemente das ações do Maio Vermelho, sempre que o usuário precisar de uma avaliação basta procurar a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência. “O dentista da UBS vai avaliar e caso necessário encaminhar para atendimento nas clínicas da UCPel”, explica. 

As ações do Maio Vermelho também são promovidas pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo curso de Odontologia da UFPel. A primeira atividade presencial do grupo de estudantes da UCPel ocorreu na manhã desta quarta-feira (19) no território da UBS Sanga Funda. 

Redação: Rita Wicth – MTB 14101   

      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *