fbpx
Vestibular UCPel
Odontologia hospitalar
Foto realizada antes da pandemia de Covid-19 no Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP)

Você já ouviu falar em Odontologia Hospitalar? Essa área desempenha um papel importante no combate a infecções em ambientes hospitalares e vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil.

Neste post, vamos explicar o que é Odontologia Hospital, qual a sua importância, como ela ajuda a conter a contaminação por covid-19 nos hospitais e qual a função dos cirurgiões dentistas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Confira!

O que é Odontologia Hospitalar?

Odontologia Hospitalar é um ramo da Odontologia que tem como objetivo auxiliar os pacientes em ambiente hospitalar ou em assistência domiciliar, desde a prevenção até o tratamento de doenças da cavidade bucal.

Essa área trabalha com equipes multidisciplinares, que consideram o paciente de forma integral, buscando preservar sua saúde nos hospitais, inclusive durante casos em que é necessária a internação.

Os cirurgiões dentistas nos hospitais têm um papel importante para evitar infecções nos pacientes. Afinal, as doenças na cavidade bucal podem acabar piorando quadros já existentes.

Pessoas que estão internadas e desenvolvem uma infecção nos dentes ou mesmo tem um simples machucado no lábio, por exemplo, podem ter complicações sérias.

Por isso que é importante contar com a presença de dentistas dentro dos hospitais. Esses profissionais conseguem atuar prontamente em situações preventivas, emergenciais e em casos mais complexos.

Qual a importância da Odontologia Hospitalar?

No ambiente hospitalar, os pacientes ficam mais vulneráveis a infecções. Assim, a Odontologia Hospitalar assume um papel importante na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de doenças bucais para melhorar a qualidade de vida desses pacientes.

Com o acompanhamento adequado, o cirurgião dentista ajuda a garantir uma boa higiene bucal dos pacientes, evitando as infecções.

Com essa atuação, o cirurgião dentista ajuda a evitar que os pacientes fiquem mais tempo no hospital por terem seu quadro agravado por alguma doença ou por terem sido encaminhados para a UTI.

Em meio à pandemia do coronavírus, por exemplo, a Odontologia Hospitalar é uma grande aliada no combate contra a covid-19 nos hospitais, protegendo pacientes e funcionários. Veja o porquê a seguir!

Odontologia hospitalar e covid-19

Com a covid-19, os cuidados contra infecções hospitalares devem ser ainda mais intensos para evitar a contaminação pelo coronavírus.

Nesse caso, a Odontologia Hospitalar deve atuar para prevenir o contágio, diminuindo as chances dos pacientes internados contraírem e transmitirem a doença, já que o contato com as secreções da boca, por exemplo, é uma das formas de contaminação.

Assim, os cirurgiões dentistas, trabalhando em em conjunto com outros profissionais da saúde, colaboram com o controle das taxas de transmissão da covid-19 nos hospitais.

Além disso, se os pacientes internados por conta da covid-19 contraem alguma outra infecção, seu quadro de saúde pode piorar. Então, o cirurgião dentista precisa seguir protocolos para evitar doenças que comprometeriam ainda mais os infectados pelo novo coronavírus.

Esse profissional também atua em UTIs, ajudando outras equipes nos cuidados com os pacientes internados. 

No próximo tópico, saiba mais sobre o que faz um dentista hospitalar nas UTIs!

Profissionais da odontologia nas UTIs

Foto realizada na UTI do HUSFP antes da pandemia de covid-19

Os cirurgiões dentistas podem atuar na linha de frente no combate à covid-19, e isso envolve o trabalho em UTIs.

Pacientes em estado grave requerem ainda mais atenção das equipes, porque mesmo infecções leves podem complicar muito o caso.

Assim, a Odontologia Hospital ajuda a evitar o agravamento dos quadros. O dentista hospitalar pode extrair os dentes dos pacientes, tratar de lesões na boca e conter sangramentos gengivais, além de identificar e tratar outras doenças.

O profissional também pode criar rotinas de higiene bucal especiais para os pacientes na UTI, contando com a contribuição de outros membros da equipe de Odontologia.

Atualmente, a Odontologia Hospitalar não é uma área obrigatória nos hospitais brasileiros. Mas há um Projeto de Lei que preconiza essa obrigatoriedade está em tramitação no Congresso.

Trata-se do PL 883/2019, que pretende tornar obrigatória a presença de dentistas hospitalares nas UTIs e em outras unidades de internação.

A mobilização para a regulamentação da Odontologia Hospitalar é importante para garantir que os pacientes recebam a assistência necessária e tenham maior qualidade de vida, principalmente em situações que estão mais vulneráveis a infecções.

Para mais conteúdos como este, continue acompanhando o blog de Odontologia da UCPel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *